7 Motivos para usar Entrega Contínua

por: Rafael Gravina | 10/07/2017

A Entrega Contínua de Software é uma das técnicas usadas no Desenvolvimento Ágil de Softwares e Projetos e surgiu por uma necessidade do mercado de reduzir o tempo entre as entregas, resultando em um produto sempre atualizado. Não basta, porém, apenas rapidez na viabilização para satisfazer o cliente, pois as aplicações devem também apresentar desempenho, segurança e confiabilidade satisfatórias para que o produto seja validado, aspectos que podem ser alcançados mais facilmente com maior interação da equipe de negócios. Portanto, quando o código não é entregue ele não traz benefícios nem para os desenvolvedores nem para os clientes.

Esta técnica se diferencia das demais pois requer que a equipe de negócios aceite e seja parte da mudança, e esta exigência se assemelha ao conceito de TI Bimodal – que é a união da TI tradicional (aquela com objetivos determinados à estabilidade, integração e eficiência), com a TI experimental (que objetiva rapidez, agilidade e experimentação). A melhoria do sistema se faz com sua utilização por este time, com constante integração com a equipe de desenvolvimento para que as necessidades de melhorias ou bugfix sejam atendidas. Quando a entrega é feita e o sistema começa a ser utilizado, a equipe de negócios transmite o feedback e, baseando-se nele, fica mais fácil encontrar as necessidades do cliente. Assim, a cada entrega o software fica mais completo e personalizado.

Mesmo se tratando de uma melhoria brilhante com uma funcionalidade incrível, que resolveria um problema do sistema, ela não está pronta até que seja entregue ao product owner, uma vez que se o código ficar apenas em ambiente de desenvolvimento não há a interação do cliente com o sistema, resultando na falta de feedback à equipe de Desenvolvimento.


POR QUE USAR ENTREGA CONTÍNUA?

  1. Maior personalização: o software é produzido de acordo com as reais necessidades do cliente em razão do contato ser mais frequente.

  2. Resultados mais rápidos: a metodologia de entregas em sprints possibilita que o cliente receba as novas melhorias do software rapidamente.

  3. Facilidade na implantação das novas funcionalidades: quando a quantidade de alterações é grande, fica mais demorado para testar, encontrar inconsistências da versão nova e, em caso de erro, tem um grande volume de código para reverter.

  4. Reduzir falhas em produção: tendo melhorias e bugfix seguidamente entregues, é mais difícil que um erro permaneça por muito tempo em produção, caso aconteça.

  5. Sistema sempre atualizado: a cada sprint são encaminhadas novas melhorias, tendo sempre o sistema atualizado.

  6. União das equipes de Desenvolvimento e de Operação: a união delas faz com que o software seja entregue com maior qualidade, agilidade e escalabilidade, agregando cada vez mais valor à empresa.

  7. Melhor o acompanhamento das atividades: por ter mais contato entre as equipes, esta técnica traz para o cliente um acompanhamento mais próximo das atividades de seus desenvolvedores.

Com tanta agilidade na TI atualmente, as empresas não podem mais realizar lançamentos e correções de softwares em prazos muito longos. Esta técnica permite que o cliente receba entregas em períodos curtos, fazendo com que ele possa perceber com frequência as melhorias, para que seus feedbacks sejam enviados para a equipe de desenvolvimento melhorando cada vez mais o sistema.

A entrega contínua abre opções que podem melhorar a qualidade, reduzir falhas em produção e evitar deployments na madrugada, além de permitir que a área de negócios se adapte rapidamente para atingir seus objetivos, sempre mantendo o sistema atual e com as últimas melhorias sendo utilizadas. Um método muito eficaz para startups ou empresas que necessitam sempre estar atualizadas. Além de tudo, Quando bem executado, este método faz com que a equipe de negócios tenha um conhecimento considerável do produto baseado nos contatos frequentes.


REFERÊNCIAS

https://www.infoq.com/br/articles/medos-entrega-continua/
https://brizeno.wordpress.com/2014/01/27/e-esse-negocio-de-entrega-continua/
https://gaea.com.br/integracao-e-entrega-continua-de-software/
http://www.devmedia.com.br/entrega-continua-de-software-revista-net-magazine-100/26312/
https://www.4linux.com.br/diferencas-entre-integracao-deploy-e-entrega-continua/
https://corporate.canaltech.com.br/noticia/gestao/ti-bimodal-guia-para-comecar-a-entender-o-conceito-77661/
http://www.komputer.com.br/blog/o-que-e-pipeline-de-entrega-continua/

FONTE DA IMAGEM

Wikimedia


*Rafael Gravina é formado em Ciência da Computação pela Universidade de Cruz Alta (UNICRUZ). Atua na Ditech desde 2015, com desenvolvimento de Software. Nas horas vagas não dispensa um bom videogame com os amigos.

FALE CONOSCO

Envie uma mensagem para nós,
adoramos responder emails :)

Quer uma ideia de assunto?

  • Orçar um projeto
  • Saber mais sobre nós
  • Trabalhar conosco
  • Tomar um café expresso
© Ditech 2016 - Todos os direitos reservados.
@workandcode